Gal Costa novamente em sintonia com a alegria Vivo Rio (RJ) - 25/03/17

27/03/2017

Lançado em 2015, o albúm "Estratosférica" de Gal Costa, marca o reencontro da cantora nos palcos com uma das características mais marcantes da sua carreira, a alegria. Tendo vindo de um período mais contido, embalado pelo excelente disco "Recanto" de 2011 e sua respectiva turnê, o público já estava com saudades dessa espontaneidade que tanto caracterizou a sua carreira. Ao longo dos anos a cantora sempre se notabilizou por passear com maestria por emoções variadas que o seu repertório contem, quem esteve no último dia 25 de março, no Vivo Rio, pode atestar esse resgate de forma plena. 

 

Com um figurino alegre e colorido que traduzia bem o seu espirito atual, Gal apresentou as canções do último álbum intercaladas por antigos sucessos. Compositores como Marcelo Camelo, Arnaldo Antunes, Marisa Monte e claro, Caetano Veloso abastecem a baiana com o mais rico combústivel criativo, mas a interpretação quase a capela de 'Acauã',composição de Zé Dantas do álbum "Legal" (1970) é um verdadeiro primor e um dos pontos altos do espetáculo, um misto da força e da sensibilidade que ela carrega na voz. Completamente a vontade, a cantora cantou, tocou violão e contou algumas histórias do seu inicio em Salvador. A direção musical enxuta de Pupillo (Nação Zumbi), fornece a simplicidade necessária para ela brilhar. A reverencia e a felicidade das platéias ao final desse show não deixam dúvidas, seja bem vinda de volta, alegria.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

R#1.jpg
Highlights
Please reload

Tags
Follow
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon